Póvoa de Varzim investe 500 mil euros para renovar exterior do mercado municipal

Póvoa de Varzim, Porto, 09 (Lusa) – A Câmara Municipal da Póvoa de Varzim pretende “renovar a imagem” do mercado municipal local e para tal investiu 500 mil euros em obras de requalificação da fachada do edifício, revelou hoje a autarquia.

As intervenções, que arrancaram esta semana e vão prolongar-se por seis meses, pretendem dar uma estética mais moderna ao equipamento, inaugurado em 1982, na zona central da cidade.

Entre as modificações previstas, destaca-se o revestimento das paredes inferiores em madeira, a substituição das caixilharias dos estabelecimentos comerciais exteriores, o revestimento, no nível superior, em chapa de zinco de cor verde, a iluminação pública dos passeios embutida no revestimento dos tetos da pala e a iluminação da fachada do nível superior instalada sobre o terraço.

O presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Aires Pereira, espera que “a requalificação do mercado resulte numa imagem mais moderna e adaptada à realidade deste tipo de equipamentos e suas necessidades”.

O autarca garantiu que as obras “não terão impacto no normal funcionamento do mercado para os vendedores e clientes”, embora reconheça “que possam haver perturbações pontuais”.

O plano de requalificação do mercado municipal da Póvoa de Varzim, que se desenvolve há alguns anos, já contemplou a renovação de diversas áreas do interior do equipamento, mas segundo Aires Pereira “ainda há tarefas a concretizar”.

“Depois desta fase iremos renovar o último piso do edifício e, posteriormente, avançar para a construção de um parque de estacionamento subterrâneo na praça contígua”, explicou o autarca.

O presidente da autarquia poveira divulgou ainda a abertura dos procedimentos concursais para a requalificação das escolas Flávio Gonçalves, na cidade, e da EB 2/3, na freguesia de Aver-o-Mar.

O valor do investimento, para as duas empreitadas, está previsto em seis milhões de euros, sendo que quatro milhões provêm de uma candidatura a fundos comunitários, e os restantes dois de investimento direto da autarquia.

“São dois equipamentos que há vários anos precisam de uma intervenção, para que as crianças e jovens do concelho tenham instalações de ensino condignas. Acreditamos que as obras possam arrancar já este ano”, disse o presidente da Câmara da Póvoa de Varzim.

.

Leave a Reply

Your email address will not be published.